Skip to content

Amada Rosa Pérez, uma católica modelo

maio 28, 2010

“Donde está la felicidad?”

“Onde está a felicidade?” — foi com estas palavras saídas de um coração suplicante que Amada Rosa Pérez, famosa modelo e atriz colombiana, começou a questionar seus valores, suas atitudes e o sentido de sua vida.

A fama, as luzes e o glamour das passarelas por todo o mundo escondiam uma vida desregrada, eivada de pecados, que apenas a deixavam cada vez mais vazia. O dinheiro que ganhava na rotina estafante de modelo internacional tampouco comprava a tão buscada felicidade. O batido clichê de que dinheiro não traz felicidade foi por ela comprovado como uma verdade das mais duras, e o vazio de sua vida só fazia aumentar.

No desespero, Amada procurou a falsa espiritualidade da Nova Era para tentar preencher o vazio que não parava de aumentar, para tentar buscar um sentido para uma vida que parecia cada vez mais sem sentido.

Toda a agitação do mundo da moda, que ela bem conhecia, em nada contribuíam para que ela se aproximasse da verdadeira felicidade. Muito pelo contrário, em seu caminho só apareciam obstáculos. Depressão, doenças e solidão a fizeram mergulhar tão fundo em seu desespero que pensamentos suicidas pairavam em sua mente.

E foi destas profundezas que seu clamor foi ouvido! O Altíssimo Deus, que jamais ignora um coração suplicante, a resgatou de tão grande desespero.

Mas toda conversão jamais é um caminho fácil. Amada tomou consciência do vazio de sua vida, de seus erros, de seus pecados, e isto nunca é fácil. Seus olhos abriram-se para ver as reais cores do mundo em que tanto tempo havia vivido: hipocrisia, falsidade, ganância, imoralidade, etc.

O testemunho da ex-modelo sobre sua conversão é emocionante, e vale a pena ser visto na íntegra: parte 1, parte 2, parte 3, parte 4 e parte 5. Nele podemos ver como Amada ainda no começo de sua conversão descobriu a recitação do Santo Rosário como caminho para sua santificação. Vemos também como ela chorou como uma criança durante a primeira confissão após sua conversão de vida e como ela se sentiu preenchida pelo Divino Amor durante a Sagrada Comunhão.

O amor que ela demonstra por Maria Santíssima é de aquecer o coração. A clareza e a calma de suas palavras ao falar das coisas do alto é característica de quem tem uma relação muito próxima com Deus, coisa de quem conheceu o fundo do poço e que tem plena consciência do amor infinito que nosso Divino Criador tem por suas pequeninas criaturas.

E ela, que conhece como ninguém as armadilhas do demônio, adverte e explica porque os católicos são os mais atacados pelas forças contrárias:

“Nós, católicos, somos os mais atacados. Por que? Porque o demônio não ataca àqueles sobre os quais já pôs suas garras.”

Amada Rosa Pérez é uma filha pródiga que agora está de volta ao redil da Igreja, mais uma católica que estava entregue às coisas do mundo e que agora retorna à casa de seu Pai Eterno. E a quem lhe pergunta como vai sua vida agora, ela responde:

“Alguns podem pensar que estou louca… Mas a loucura de Deus é mais bela que a sabedoria dos homens.”

Louvado seja o Senhor Deus por mais este coração que se abriu à sua Graça!

—–

Agradeço pela dica ao poderoso Twitter do Marcos Ludwig

Anúncios
One Comment leave one →
  1. Fernanda Freitas permalink
    janeiro 28, 2012 21:23

    Hermana concordo com tu locura, yo tambien la tengo y es fantastica que Dios te bendiga y sigue llevando tu testemuño de vida, es muy lindo, Jesus Cristo nos ama tanto que nos perdono nuestros pecados y aun mas nos da paz, amor, fe, fuerzas, y nos alimenta todos los dias espiritualmente y com alimento diario para viver.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: